Ultrassonografia

Ultrassom Abdome Total

Esse exame é recomendado para analisar as alterações no fígado, vesícula biliar, baço, pâncreas, rins, bexiga, aorta, veia cava inferior e podendo diagnosticar várias doenças, entre as mais comuns estão nódulos e cistos no fígado, pâncreas, baço e rins, cálculos na vesícula e nos rins, infiltração de gordura no fígado (esteatose) e placas de ateromatose na aorta.

Ultrassom Abdome Superior

Esse exame é indicado para avaliar o fígado, vesícula biliar, baço e pâncreas. Com ele é possível diagnosticar nódulos, cistos, cálculos ou pólipos na vesícula biliar, bem como avaliar a presença de infiltração de gordura no fígado (esteatose).

Elastografia Hepática Ultrassônica

Exame para detectar e quantificar o grau de fibrose hepática através de equipamento de ultrassom com tecnologia de elastografia, que é uma técnica não invasiva e indolor, bastante útil para pacientes portadores de hepatites B e C, hepatites autoimunes, doença gordurosa hepática não alcoólica, HIV e cirrose.  O exame pode ser realizado na investigação inicial, para seguimento e monitoramento da resposta ao tratamento, definir prognóstico e potenciais complicações.

Ultrassom de Tireoide

Esse exame é geralmente feito quando acontece um crescimento anormal da glândula, ou há um histórico de alteração dos exames laboratoriais da glândula, casos de câncer de tireoide na família ou de nódulos palpáveis e visíveis. O ultrassom da tireoide detecta cistos, nódulos ou sinais de doença tireoidiana, que devem ser avaliados em conjunto com os exames laboratoriais.

Ultrassom de Pescoço

O ultrassom de pescoço é um método para diagnosticar alterações ou lesões dos órgãos e estruturas como tireoide, glândulas salivares e cadeias linfonodais cervicais.

Ultrassonografia Geral

A Ultrassonografia é um exame para analisar as estruturas e órgãos internos. Pode ser usado para analisar eventuais alterações do fígado, vias biliares, vesícula biliar, pâncreas, baço, rins, bexiga, alças intestinais, aorta, retroperitôneo, articulações, tireóide, mamas, partes moles, útero, ovários, próstata e outros como método preventivo, auxílio de diagnóstico ou acompanhamento de tratamentos.

Ultrassonografia com Doppler

A Ultrassonografia com Doppler é utilizado para avaliar o fluxo sanguíneo de artérias e veias. Pode ser feito no pescoço, abdômen, pernas, braços e até mesmo durante a gestação. Pode ser utilizado para diagnosticar e monitorar os estreitamentos ou oclusões de artérias causadas pela arteriosclerose, que podem levar a acidentes vasculares encefálicos (AVC).

Ultrassom Doppler de Carótidas e Vertebrais

Esse exame é usado como método de diagnóstico complementar para avaliar a anatomia e circulação nas artérias carótidas e vertebrais que são responsáveis pelo fornecimento de sangue para o cérebro. É uma ferramenta para o diagnóstico de doença aterosclerótica, aneurismas, dissecções e outras afecções que acometem as artérias. E é indicado para investigar a presença de placas de gordura e o diâmetro das paredes das artérias e o estreitamento dos vasos.

Ultrassom Doppler Venoso de membros inferiores e superiores

Esse exame é indicado para diagnosticar e medir a formação de placas de gordura na parede das artérias, conhecido como aterosclerose, através do monitoramento das artérias maiores dos membros inferiores e/ou superiores. É indicado para hipertensos, diabéticos e tabagistas, que são fatores de risco para aterosclerose ou para pacientes com sintomas de insuficiência arterial.

Ultrassom Doppler Arterial de membros inferiores e superiores

Esse exame é indicado para diagnosticar e medir a formação de placas de gordura na parede das artérias, conhecido como aterosclerose, através do monitoramento das artérias maiores dos membros inferiores e/ou superiores. É indicado para hipertensos, diabéticos e tabagistas.

Ultrassom Doppler de Aorta, Artérias Renais e Ilíacas

Exame feito para estudar o fluxo nas artérias renais partindo da origem na aorta abdominal até o rim, para identificar possíveis áreas de estenose nos vasos. É utilizado para diagnosticar e monitorar hipertensão arterial secundária, investigação de doenças aterosclerótica e na avaliação pré e pós-operatória de transplante renal.

Ultrassom Doppler de Abdome

É um exame para avaliar e diagnosticar as alterações nas artérias e veias do abdome, como aorta, veia porta e artérias mesentéricas.

Ultrassom Doppler de Tireoide

Esse exame auxiliar o estudo de nódulos e inflamações da glândula (tireoidites), que podem estar promovendo qualquer alteração de funcionamento da glândula.

Ultrassom Doppler de Estruturas Superficiais

Esse é um método não invasivo para analisar malformações, processos inflamatórios e tumorais em órgãos como mamas, tireoide, glândulas salivares, linfonodos cervicais e de estruturas mais superficiais do nosso corpo.

Ginecológica e Obstétrica

Utilizada para monitorar e diagnosticar a presença de patologias gineco-obstétricas. Esse método de Ultrassonografia pode ser realizado por via transvaginal ou abdominal, auxilia no diagnóstico de anormalidades no útero, ovários, endométrio, acompanhamento de endometriose, desenvolvimento do feto e assistência na saúde das gestantes. Em todas nossas salas ofertamos a possibilidade de gravação dos exames obstétricos, com baixo custo e acesso via internet.

Ultrassom pélvico por via transvaginal

O exame de Ultrassonografia Transvaginal, conhecido como USG TV, é utilizado para detectar doenças que atingem a área pélvica como endometriose, pólipos endometriais, miomas, gravidez tópica ou ectópica, cistos ou tumores de ovários, bem como monitorar o posicionamento do DIU. Esse exame deve ser feito até a 12ª semana.

Ultrassom pélvico por via abdominal

A ultrassonografia Pélvica por Via Abdominal é utilizada para monitorar o posicionamento do DIU e também para seguimento e diagnóstico de alterações e/ou possíveis lesões no útero, ovários e bexiga.

Ultrassom Obstétrico de Primeiro Trimestre

Esse é o exame utilizado para avaliar o processo onde o bebê ainda é um embrião, no início da gravidez. Basicamente, com ele é possível determinar a idade gestacional, localização da gravidez e número de embriões.

Ultrassom Obstétrico Morfológico de Primeiro Trimestre para avaliação de transluscência nucal, osso nasal e ducto venoso

A ultrassonografia morfológica fetal no primeiro trimestre é feita entre a 11ª e a 14ª semana e serve para analisar o fluxo sanguíneo em determinados vasos fetais. Ele ainda auxilia a monitoração do batimento cardíaco fetal, análise de crescimento e desenvolvimento do feto, medida da transluscência nucal e dos ossos nasais, tamanho do bebê, idade gestacional e outras informações sobre placenta, útero, ovários e colo de útero.

Ultrassom Obstétrico Morfológico

Esse exame tem como função avaliar a placenta, o líquido amniótico, crescimento e desenvolvimento do feto e também permite o diagnóstico de problemas e anomalias fetais. Além disso, é possível determinar a idade gestacional e estimar uma data para o parto e deve ser realizado até a 37ª semana.

Ultrassom Obstétrico com Doppler

É o exame mais detalhado dentro dos exames obstétricos, deve ser feito entre a 20ª e 24ª semana e consiste na avaliação das estruturas de cabeça, pescoço, coluna vertebral, tórax, abdômen, genitália externa e extremidades e ainda: líquido amniótico, cordão umbilical e placenta.

Ultrassom Obstétrico

Esse exame tem como função avaliar a placenta, o líquido amniótico, crescimento e desenvolvimento do feto e também permite o diagnóstico de problemas e anomalias fetais. Além disso, é possível determinar a idade gestacional e estimar uma data para o parto e deve ser realizado até a 37ª semana.

Musculoesquelética

Esse método de Ultrassonografia serve para avaliar os membros e articulações como no ombro, cotovelo, braço, antebraço, punho, mão, quadril, coxa, joelho, perna tornozelo, pé, mão e dedos. O exame auxilia o diagnóstico de problemas nos tendões, músculos, ligamentos, derrames articulares, podendo identificar cistos, tendinites, rupturas tendíneas e musculares.

Ultrassom do Aparelho Urinário e Próstata

Esse é um exame não invasivo realizado para analisar os órgãos do aparelho urinário como rins, ureteres, bexiga e próstata (no caso dos homens). Com ele é possível identificar as causas de dores e dificuldade na hora de urinar, dilatação das vias urinárias, cálculos renais, cistos ou nódulos renais, alterações vesicais e prostáticas.

Pré agendar exame

MENSAGEM ENVIADA

COM SUCESSO!

Em breve retornaremos o seu contato.

Open chat
Powered by