Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Elastografia hepática: o que é e para que serve

A elastografia hepática é um método de imagem não invasivo e indolor que permite avaliar o grau de fibrose do fígado, um tecido que se desenvolve quando o órgão é lesionado continuamente  em razão de condições como  hepatite, gordura no fígado, cirrose e câncer no fígado.

O exame contribui para o diagnóstico e avaliação da gravidade dessas patologias, podendo substituir, na maior parte dos casos, a biópsia, que requer a retirada de um fragmento do fígado e internação. Além disso, a elastografia hepática também pode ser utilizada para avaliar o sucesso do tratamento.

Como é feito

É semelhante a um ultrassom abdominal, com duração de 20 a 30 minutos. Exige apenas jejum de seis horas e a não ingestão bebidas alcóolicas ou cafeína nas 24 horas anteriores.

Para quem é indicada

A elastografia hepática pode ser indicada a pacientes com suspeita de:

  • Hepatite
  • Gordura no fígado
  • Cirrose
  • Câncer no fígado
  • Colangite esclerosante primária
  • Cirrose
  • Hemocromatose
  • Doença de Wilson

Benefícios

  • Não é invasivo
  • Nao provoca dor
  • Não oferece riscos
  • Não possui contraindicações

Este post apareceu primeiro em: http://blog.cura.com.br/elastografia-hepatica-o-que-e-e-para-que-serve/

Posts Relacionados

Esteatose Hepática o que é?

O que é Esteatose Hepática?

A esteatose hepática é algo mais comum do que muitos imaginam, estima-se que cerca de 30% da população seja acometida pela doença,

O que é BIRADS?

Primeiramente para entender a classificação do seu exame, você precisa saber o que ela é e para que serve. A sigla BIRADS

Auto exame mama

Câncer de mama: como fazer o autoexame

O Ministério da Saúde, Instituto Nacional de Câncer (INCA) e Sociedade Brasileira de Mastologia concordam que embora o autoexame tenha sido bastante

NEWSLETTER

Assine e receba conteúdos exclusivos e atualizações do blog

Open chat
Powered by